02 julho 2013

Minha Infância Parte 2

O que achou? 

mas mesmo assim eu não parei de caminhar,tinha ferimentos que facilmente poderia dar a gangrena,mas mesmo assim eu não parei.
 De repente eu cheguei a algum lugar,era um bunker que ainda tinha alguns homens atirando e do nada eu levei um tiro,senti a vida passar pelo meus olhos e me vi deitado naquela terra fria e molhada que tinha sangue dentro dela e senti finalmente minha alma saindo do meu corpo como a água caindo de um pote e finalmente eu morri.
 Eu acordei em um quarto,que parecia  banheiro da minha casa mais sem o box e muito grande,como um corredor sem fim, comecei a reparar no meu corpo estava totalmente limpo e novinho em folha sem sequer um arranhão muito menos uma marca de bala.Eu decidi seguir no corredor e tentar,sei lá chegar ao fim e sair daquele inferno.
 finalmente eu cheguei mas a única coisa que tinha no fim daquele túnel foi um vaso sanitário vulgo privada.Porém poucos segundos depois deu chegar no fim algo começou a sair um tipo de coisa oh o cheiro daquela coisa,eu não podia nem mesmo descrever esse cheiro mas pior que isso,pior que isso,PIOR QUE AQUELA COISA?não,não não não não tinha coisa pior tinha uma menina com os dentes podres a pele ranca mas com um tom de verde escuro e larvas saindo dos olhos algo que nem uma pessoa com o estômago forte poderia ver,algo desprezível mas aquela coisa de um jeito impossível saiu do vaso e começou a caminhar em minha direção... CONTINUA!

Um comentário:

  1. Gabriel232.7.13

    Aeeeee seu maldito! ficou foda!

    ResponderExcluir

Visualizações