07 março 2013

Pequena chapeuzinho vermelho

O que achou? 





Há um monte de boas meninas no mundo, eu não sou uma delas.
Acho que o mundo me vê como uma mulher normal, com uma vida normal, estou lhe dizendo, eu estou longe de ser normal. Quando eu era pequena, eu amava fazer caminhadas e explorar a floresta próxima a minha casa, mas o que aconteceu 30 anos atrás, mudou tudo.

Quando entrei na floresta, eu não tinha medo de nada, quando eu saí, eu tinha medo de tudo ...

Eu matei o primeiro homem quando eu tinha 14 anos, desde então, eu não era capaz de parar, estou tentando lembrar de todos eles. Todos os 24. Eu só mato aqueles que merecem, claro. Minha primeira vítima foi o meu tio, tio Colin, com a boca grande, bruto e seus estreitos olhos avermelhados. O jeito que ele olhava para mim achando que eu gostava, eu sempre tive que sentar no colo dele, uma vez eu fui para o porão, sozinha, e ele estava bem atrás de mim.

Ele começou a se sentir mal e desmaiou, coloquei um travesseiro sobre sua cabeça, eu o vi lutar, ele perdeu. O médico disse que era o seu coração, devido sua idade, ingenuo.

Mas todo esse tempo, eu tenho sido capaz de esconder do resto do mundo, o que eu realmente sou. Apenas uma viúva jovem, trabalhando em dois empregos decentes para manter minha mente estável, depois que meu marido faleceu, acho que as pessoas sentem pena de mim, meu marido morreu em um acidente de carro terrível à alguns meses atrás. Pobre, pobre Will, seus freios não estava funcionando e eu disse a ele especificamente para vê-los! Ele deveria ter ouvido, traição é algo que eu não sei lidar muito bem.

Ultimamente, tenho me irritado com coisas bobas, quer dizer, eu não sou louca nem nada, mas eu estava no segundo andar de um shopping outro dia, e um homem velho atrás de mim ficava tossindo o tempo todo. Mas, é claro, como uma mulher, gentil e educada que sou, eu deixei ele passar na frente, Apenas dei um pequeno empurrão para ele descer mais rápido as escadas, velho estúpido, ele deveria ter se firmado mais sobre a sua bengala. Quando eu estava saindo, eu não pude deixar de notar como seu cérebro estava vazando de seu cranio, tirei até uma foto.

Eu mencionei que eu trabalho como fotógrafa? Você deveria ver minhas fotos de algum tempo atras. Elas são realmente de tirar o fôlego, todas as 24 fotos.

Enviada por Beatriz Santos -  Com certeza esse não é o nome dela, uma vez que ela é uma psicopata OMG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visualizações